Componentes sociais da migração: experiências da Província Sul, Zâmbia

Lisa Cliggett

Research output: Contribution to journalArticle

1 Downloads (Pure)

Abstract

As suposições comuns atribuem causas econômicas e ambientais às decisões de migração. Este trabalho revela a importância das estruturas do poder local – ao nível da comunidade e da família – para entender a migração. São examinados os processos migratórios na Província Sul da Zâmbia por meio do uso de informações coletadas de dois projetos de pesquisa qualitativa. Até recentemente, quando a seca e as doenças bovinas começaram a devastar a área, a Província Sul era conhecida por suas condições ideais para agropecuária. Até os últimos anos de 1980, os agricultores da Província Sul começaram a migrar para áreas da fronteira norte, onde há terra e chuva em abundância. Contextos locais econômicos e ambientais eram os fatores decisórios na migração das populações; o controle sobre os recursos da zona rural e a habilidade de mobilizar as redes de apoio social nos vilarejos também demonstraram influenciar as decisões para deslocar-se. As informações apresentadas nesse trabalho são do Projeto de Pesquisa longitudinal Gwembe Tonga (GTRP) e de um estudo de dois anos sobre emprego e mercados de trabalho na Província Sul, liderados pelo Centro de Estudos sobre Desenvolvimento da University of Bath, Inglaterra.

Original languageUndefined/Unknown
JournalAnthropology Faculty Publications
DOIs
StatePublished - Jan 1 2013
Externally publishedYes

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Componentes sociais da migração: experiências da Província Sul, Zâmbia'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this